fbpx

Blog

Parece que Deus está me chamando para estar perto dele

“Parece que Deus está me chamando para estar perto dele”

 

A violência doméstica é um dos problemas mais graves para as crianças nos países latino-
americanos. Na Bolívia, crianças também são maltratadas por seus familiares, pais, avós,
irmãos, tios. É comprovado que situações traumáticas causadas por pessoas amadas por
crianças afetam seriamente a sua identidade.

Na família de Adán, os maus-tratos físicos eram constantes. Ele tem 13 anos e contou à
educadora do Projeto Calçada que o aconselhou com a Bolsa Verde, que ver sua avó bater em
seus irmãos lhe causou muita raiva, indignação e aborrecimento.
Se pudesse, ele “fugiria para um lugar distante, como um avião, para não ver o que
estava acontecendo.”

Às vezes, os adolescentes se tornam violentos e/ou agressivos e não podemos imaginar o que
está por trás desse comportamento, que eles expressam apenas para tentar aliviar a dor que
carregam dentro de si.

No aconselhamento com a Bolsa Verde, mostramos à criança ou adolescente quatro cartões
com imagens e textos bíblicos para ajudá-la/o a aplicar a mensagem que Deus está falando aos
seu coração. Adán escolheu o cartão que chamamos de “Mãos Protetoras”, e disse:
“Parece que Deus está me chamando para estar perto dele”.
A educadora concordou com Adán e confirmou que Deus o está chamando mesmo, para lhe
dar alívio e paz.

No final do aconselhamento, o educador perguntou ao adolescente se ele poderia escolher
uma imagem para descrever como ele se via ao ouvir sobre o amor de Jesus. Adán respondeu:
“Agora sou forte como um leão!”

Dias depois do aconselhamento, a mãe do Adán disse que notou mudanças na atitude dele,
percebendo que ele está muito mais feliz, sorridente, e mais sociável com seus amigos.

A igreja está aconselhando a mãe e a avó de Adán para ajudá-las a lidar melhor com os filhos, e
já está organizando um encontro com os membros da família para conversarem sobre a
educação não violenta.

*O nome da criança é fictício, para proteger sua identidade (artigo 17 da Lei n. 8.069/90)

Colobore com este projeto