Notícias

18 anos do Projeto Calçada

O dia oficial é 21 de junho. Mas, com a presença dos multiplicadores para um encontro e algumas reuniões internacionais, a comemoração dos 18 anos do Projeto Calçada foi adiantada para 30 de maio.

 

A Igreja Batista Memorial da Tijuca cedeu o espaço do templo para a realização do culto de adoração a Deus o qual sustenta e capacita o Projeto durante todos esses anos.

 

Com a presença de organizações parceiras e que utilizam os recursos de transformação, o culto contou com as belas participações de crianças e adolescentes que louvaram a Deus com instrumentos, canto vocal e coral e até musicalização com copos.

 

“De uma forma direta ou indireta nós estamos ligados. Ligados para abençoar a vida de crianças e adolescentes.” Declarou Catia Vilaça, presidente do Conselho Consultivo da Lifewords Brasil, ao dar boas vindas a tantos parceiros e organizações representadas, como CADI Maré, JOCUM Borel, Missão Aliança, Junta de Missões Nacionais, Casa Semente, PESCA – Casa da Amizade, MEAP e muitos outros.

 

Clenir dos Santos, diretora internacional do Projeto Calçada, disse “estar muito alegre em celebrar o aniversário do Projeto Calçada, junto com os parceiros. Pois, o Projeto só existe pela parceria.” Clenir salientou uma frase que ouviu de um amigo: “é muito fácil começar um projeto, sonhar com coisas lindas, mas difícil é manter. Ele estava me dizendo que 18 anos é realmente algo significativo pra gente.”

 

Ao discorrer sobre o histórico do Projeto, a Lifewords, existente desde 1888, recebeu destaque por permanecer na missão de levar as “palavras de vida” a todos.

 

Destaque também e um grande agradecimento deu-se ao multiplicadores, pessoas voluntárias que se doam para capacitar educadores a utilizarem a Bolsa Verde. Vindas de várias cidades do país, elas estavam presente no culto que seria seguido pelo Encontro de Multiplicadores.

 

“Vocês estão nos representando e a gente sente muita honra. Honra de sermos representados por pessoas tão especiais como vocês.” – homenageou Luciana Falcão, coordenadora do Projeto Calçada e responsável por articular as capacitações de educadores e multiplicadores pelo Brasil.

 

Antes de passar a palavra ao mensageiro, Cleisse Andrade, coordenadora da América Latina, revelou que “quando a gente pensou em falar do aniversariante, não pensamos somente no Projeto. Mas, no aniversariante, Jesus, que está dentro da bolsa, nas histórias.”

 

Bebeto Araújo, diretor da Missão Aliança, foi o mensageiro da tarde. Bebeto discorreu sobre a maneira como Jesus se voltou para as crianças. Após explicar a vida das crianças na época de Jesus, que eram rejeitadas, excluídas, exploradas… Bebeto levou a todos a refletirem sobre a postura de Jesus diante dessas crianças, em Marcos 10:13-16.

Para mim o Projeto Calçada é como um abraço de Jesus nas crianças. Um abraço carinhoso e amoroso de valorização. Mas não apenas isso! O Projeto Calçada é também um abraço de defesa do direito que toda criança tem de se desenvolver integralmente: (1) como o “menino Jesus”: em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e da sociedade e (2) como prevê o Art. 3º do ECA.
Esse abraço de defesa dos direitos é um abraço que equivale a um protesto contra as causas do sofrimento das crianças em nossa nação. É um abraço profético que denuncia o desprezo e a negligência para com as crianças em nosso país. E como qualquer ato profético (bíblico!), o Projeto Calçada não apenas apresenta uma denúncia, mas também aponta para uma nova realidade possível: crianças acolhidas, valorizadas, respeitadas, amadas e restauradas pelo poder do Evangelho, passando a viver uma vida nova, uma vida plena, a vida que Jesus veio oferecer para todas elas! – finalizou.

Para encerrar o culto, antes de cortar o bolo, Clenir fez uma dinâmica com os adolescentes presentes, para o lançamento do Programa Escolha a Vida, uma nova ferramenta que chega ao Brasil para crianças a partir de 09 anos, com um currículo voltado para ensinamentos bíblicos sobre as escolhas e suas consequências, que pode ser aplicado em escolas, pequenos grupos, reuniões de EBD, etc.

Com objetivo de tirar a dor do coração da criança, a Bolsa Verde vem impactando a vida de mais de 40.000 crianças e adolescentes ao redor do planeta durante esses anos. E, espera em Deus, continuar a sua missão.